Lorca, a morte de um poeta


Todas as coisas têm o seu mistério, e a poesia é o mistério de todas as coisas.
Federico Garcia Lorca*

garcia-lorca-khadzhi-murad-alikhanovVítima da Guerra Civil Espanhola, Garcia Lorca foi mais que poeta, foi poesia. Uma Pequena Infinita Poesia.

Foi ainda um excelente pintor, compositor precoce e pianista. Sua música se reflete no ritmo e sonoridade de sua obra poética. Como dramaturgo, Lorca fez incursões no drama histórico e na farsa antes de obter sucesso com a tragédia.

As três tragédias rurais passadas na Andaluzia,Bodas de Sangue (1933), Yerma (1934) e A Casa de Bernarda Alba (1936) asseguraram sua posição como grande dramaturgo.

Lorca nunca ocultou suas ideias socialistas e, suas fortes tendências homossexuais.

O assassinato de García Lorca em 19 de agosto de 1936 foi parte de uma campanha de assassinatos em massa promovida pelo General Franco que visava eliminar apoiantes da Frente Popular Marxista. Segundo algumas versões, ele teria sido fuzilado de costas, em alusão a sua homossexualidade.

#CINEMATECA DIÁLOGOS DO SUL

Lorca, a morte de um poeta é um documentário espanhol de 1987 dirigido por Juan Antonio Bardem e lançado Televisão Espanhola.

O documentário rastreia a vida do espanhol poeta, escritor e ativista Federico García Lorca, que foi executado em 1936 pelos partidários do futuro ditador, o general Francisco Franco durante a Guerra Civil Espanhola.

Assista o documentário>>>>

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s