Marcas da Memória e Curtas CreC no retorno das atividades do CreC


crec28500Após um período de inatividade, o CreC – Centro Rioclarense de Estudos Cinematográficos – CineVídeo Roberto Palmari voltará a promover atividades cineclubistas em Rio Claro. A retomada das atividades do cineclube rioclarense, que este ano comemora 28 anos da sua fundação, será marcada pela realização da Mostra Marcas da Memória prevista para acontecer no período de  07 a 13 de abril. A Mostra será promovida pela Comissão de Anistia do Ministério da Justiça e em Rio Claro terá também apoio da Secretaria Municipal da Cultura, da Tv Cidade Livre – Canal Comunitário e da Revista Diálogos do Sul. 

Durante este período também acontecerá a retomada do projeto “Curtas CreC” através da exibição de um programa semanal dentro da grade de programação da Tv Cidade Livre – Canal Comunitário e de uma sessão semanal na Sala de Cinema Antonio Padula Netto no Centro Cultural “Roberto Palmari”. O projeto também conta a parceria da Secretaria Municipal de Cultura e da Tv Cidade Livre e com apoio cultural da SAv – Secretaria do Audiovisual do MinC – Ministério da Cultura, do CNC – Conselho Nacional de Cineclubes e do CBC – Congresso Brasileiro de Cinema.

túnel do tempoResponsável pela coordenação desta atividades, o jornalista e ativista cultural João Baptista Pimentel Neto, que atualmente exerce a presidência do CBC – Congresso Brasileiro de Cinema afirmou que a retomada de ações e projetos pelo CreC, tem por principal objetivo democratizar o acesso dos rioclarenses à produções audiovisuais que de não encontram espaço de exibição dentro do circuito comercial de exibição cinematográfica. Desta forma, segundo Pimentel, a programação privilegiará a exibição de filmes brasileiros, que por conta do reduzido e insuficiente número de salas de cinema em funcionamento no país, não conseguem concorrer e ser programados nas salas do circuito comercial, que historicamente são “dominadas” pela exibição de filmes americanos.

“Pouca gente sabe, mas atualmente são produzidos no Brasil cerca de 120 filmes de longa metragem e milhares de curtas e médias metragens, que por conta das deficiências da infraestrutura do circuito exibidor e da dominação exercida pela indústria do audiovisual estadunidense no nosso mercado, nunca foram vistos pela maioria da população brasileira. Nem mesmo filmes brasileiros da melhor qualidade e premiados nos mais importantes festivais de cinema e audiovisual do mundo, conseguem remover as barreira e driblar os obstáculos existentes à exibição dos filmes realizados no nosso próprio país. Assim, a maior parte dos filmes de longa metragem e com certeza a totalidade dos filmes produzidos nas últimas décadas no Brasil, acabam sendo exibidos apenas nos circuitos formados por festivais e cineclubes, o que até do ponto de vista econômico esconde uma absoluta contradição, já que tais filmes, via de regra, são realizados com recursos públicos. Ou seja, mesmo pagando a conta, é negada ao povo brasileiro a possibilidade de acesso a esta enorme produção audiovisual”.

“Depois de ficar por quase uma década afastado de Rio Claro, para minha surpresa, ao retornar, constatei que as atividades do cineclube, estavam praticamente paralisadas, o que não fazia o menor sentido, já que o CreC durante toda a sua história, além de sempre ter sido considerado como um dos mais atuantes e importantes cineclubes do país, também faz parte do Circuito Cine+Cultura e portanto, possuí todo o equipamento necessário para a realização de suas atividades. Neste contexto, e como continuo mantendo minha militância cultural, em especial, em temas relacionados ao audiovisual, decidi conversar com o pessoal da Tv Cidade Livre para me informar sobre o que estava acontecendo e constatei que os problemas existentes para uma imediata retomada das atividades eram muito pequenos e simples de resolver. Depois conversei também com o Secretário Municipal de Cultura, Sergio Desiderá que imediatamente se mostrou, mais do que disposto, entusiasmado com a proposta da retomada das atividades do cineclube. E daí ficou ainda mais fácil concretizar a proposta. E é isso que coletivamente vamos fazer.”. – concluiu.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s