30 anos sem Luis Buñuel


Luis BuñuelO cineasta espanhol Luis Buñuel foi lembrado em sucessivas jornadas pelo aniversário 30 de sua morte na Cidade do México, onde viveu 36 anos e filmou 20 de seus 32 filmes.

Nesta segunda-feira (29), a Cinemateca Nacional e a Casa Buñuel organizaram uma exibição especial do filme O Alucinado (1952), drama psicológico considerado um dos filmes com melhor bilheteria realizados pelo artista, entre os 10 melhores filmes mexicanos, e com uma das melhores atuações da carreira do ator Arturo de Córdova.

Na casa onde viveu o cineasta aragonês no México, localizada na Colônia del Valle e em processo de restauração para ser convertida em museu, serão apresentados seus emblemáticos filmes Os Esquecidos e Viridiana.

Em 2014 a mansão passará a ser um centro cultural dedicado ao cinema, ainda que esta semana está previsto que seja usada para uma oficina de cinema com o espanhol Jonás Trueba.

A cinemateca da Universidade Nacional Autônoma do México também projetará o ciclo Buñuel mexicano: 30 anos de sua morte, no qual abordará a presença do artista na importante filmografia do país.

Serão várias comemorações que diversas instituições culturais e cinematográficas realizarão até os primeiros dias de agosto, incluindo projeções especiais, conferências e oficinas para prestar homenagem ao artista.

Para alguns estudiosos de sua obra, como José Antonio Valdés, chefe de informação da Cinemateca Nacional, Buñuel encontrou no México seu verdadeiro lar.

O chamado Alquimista do Cinema nasceu em 22 de fevereiro de 1900 em Aragão, Espanha, e desenvolveu sua longa carreira na França, Espanha, Estados Unidos e México, onde viveu quatro décadas e fez o cinema que quis, sempre com muito pouco recursos.

Luis Buñuel faleceu em 1983 na Cidade do México aos 83 anos de insuficiência cardíaca, hepática e renal provocada por um câncer.

150px-Luis_Buñuel

Saiba + sobre

Luis Buñuel (Calanda22 de Fevereiro de 1900 — Cidade do México29 de Julho de 1983) foi um realizador de cinema espanhol, nacionalizadomexicano.1 Trabalhou com Salvador Dalí, de quem sofreu fortes influências na sua obra surrealista.

A obra cinematográfica de Buñuel, aclamada pela crítica mas sempre cercada por uma aura de escândalo, tornou-o um dos mais controversos cineastas do mundo, sempre fiel a si mesmo. Buñuel também influenciou fortemente a carreira do realizador conterrâneo Pedro Almodovar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s