ação cine+cultura / mobilização cnc


A diretoria do CNC encaminhou carta à Ministra da Cultura, Ana de Holanda e a Secretária do Audiovisual, Ana Paula Santana explicitando seu posicionamento favorável à continuidade e ampliação da  ação Cine Mais Cultura, conforme compromisso publicamente assumido durante a reunião do Comitê Consultivo da SAV realizada ainda no primeiro semestre deste ano.

A entidade lançou ainda uma Petição Pública solicitando o apoio de tod@s, cineclubistas, cineclubes, realizadores, produtores e defensores da democratização do acesso à cultura para potencializar a reivindicação.

A petição pode ser acessada através do seguinte endereço

http://www.peticaopublica.com.br/?pi=P2011N17312

Confiram abaixo o teor da carta:


Conselho Nacional de Cineclubes Brasileiros – CNC, através de sua diretoria, reafirma a importância estratégica da Ação Cine Mais Cultura para a ampliação e democratização do acesso à conteúdos audiovisuais e por consequencia a garantia de participação na produção cultural, direito universal, que se soma à Luta Pelos Direitos do Público, bandeira histórica maior do movimento cineclubista brasileiro em sua trajetória de 50 anos.

Reitera que o Cine Mais Cultura, ao viabilizar equipamento, conteúdo e formação,  se firmou como a ação que capilarizou o acesso, a fruição e o compartilhamento da experiência audiovisual, ampliando a prática cineclubista para um conjunto ainda maior da população, essencialmente aos já penalizados pelas exclusões sociais, políticas e econômicas que ainda campeam no país.

Considerando:

  • ·        os custos reduzidos frente à outras iniciativas do MinC,
  • ·        o cumprimento, dentro das possibilidades, do cronograma e planejamento elaborado na gestão anterior,
  • ·        a participação positiva do CNC e os resultados, quer no contexto do grupo de assessoria pedagógica, quer na realização das atividades previstas no convênio assinado entre as partes (podendo ser mensurado nos relatórios de prestação de contas).

O CNC  vem cobrar a inclusão do programa entre as prioridades do Ministério da Cultura para o ano de 2012, solicitando assim um cronograma de ações e  a sinalização da garantia da manutenção da ação.

Conforme acertado em reunião realizada em 24 de junho de 2011, durante a 10ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis, Santa Catarina, (relatada no ofício 017/2011) o CNC ainda aguarda o agendamento do encontro entre a Secretaria do Audiovisual, a Sociedade Amigos da Cinemateca e o CNC para avaliação e continuidade da parceria e do convênio.

Da mesma forma somamos aos pedidos de implantação de uma plataforma digital unificada que contemple a possibilidade de lançamento de dados e conferência dos indicadores dos resultados relacionados à ação, em especial, os relacionados à contabilização do público, com a possibilidade da utilização da plataforma do Pontão Cineclubista para o oferecimento de cursos à distância on line, conforme havia sido proposto pelo Grupo de Trabalho Pedagógico da Ação Cine Mais Cultura.

Assim, conforme manifestação da Exma. Ministra da Cultura Ana de Hollanda, o CNC reivindica a efetivação dos compromissos assumidos publicamente em nome da manutenção do Cine Mais Cultura e solicita a realização urgente de uma reunião de avaliação, reflexão e planejamento da retomada das atividades com a participação de representantes da SAv, da SAC e do CNC tendo como base de análise os relatórios apresentados pela Unidade Técnica responsável pela coordenação da implantação do Programa.

Renovamos os nossos votos de estima e consideração,

Apresentando nossas cordiais

Saudações Cineclubistas



A Diretoria
CNC / Conselho Nacional de Cineclubes Brasileiros

Subscrevem

ENTIDADES INTERNACIONAIS:

FICC / FEDERAÇÃO INTERNACIONAL DE CINECLUBES

ENTIDADES NACIONAIS:

CBC / CONGRESSO BRASILEIRO DE CINEMA
CBDC / COALIZÃO BRASILEIRA PELA DIVERSIDADE CULTURAL
UNINFRA

ENTIDADES ESTADUAIS:

ABD-RN – Ass. Bras. Documentaristas e Curta-metragistas do RN
ACCV/ABD-CE – Associação Cearense de Cinema e Vídeo
FEPEC – FEDERAÇÃO PERNAMBUCANA DE CINECLUBES, PE
PARACINE – FEDETAÇÀO PARAENSE DE CINECLEBES, PA

ENTIDADES MUNICIPAIS:

Associaçao de Amigos do Museu Histórico e Antropológico da Região do Contestado
Associacão Comunitária dos Produtores Rurais da Quixaba
ASSOCIAÇÃO DE CINECLUBES DE VILA VELHA – Vila Velha, ES
ASSOCIAÇÃO DAS ENTIDADES USUÁRIAS DO CANAL COMUNITÁRIO DE RIO CLARO – Rio Claro, SP
ASSOCIAÇÃO DE DIFUSÃO CULTURAL DE ATIBAIA – Atibaia, SP
Instituto Nangetu de Tradição Afro-religiosa e Desenvolvimento Social

CINECLUBES FILIADOS AO CNC:

CINEOCA – Porto Velho, RO *
CINE EVEREST – Hortolândia, SP *
CINE GUARÁ – PR *
CINE MOLOTOV – Fortaleza, CE
CINE OLHO – Niterói, RJ
CINECLUBE ABELIN NAS NUVENS – RS
CINECLUBE AMOEDA DIGITAL – Recife, PE
CINECLUBE AQUIRY – Rio Branco, AC
CINECLUBE ATLÂNTICO NEGRO – Rio de Janeiro, RJCINECLUBE CAATIBA – Caatiba, BA *
CINECLUBE CENTRAL – Vila Velha, ES
CINECLUBE CINEMA NOS BAIRROS – Lins, SP
CINECLUBE FUNEC – Contagem, MG
CINECLUBE GASTRÔ – Fortaleza, ES
CINECLUBE GUADALA – Vila Velha, ES *
CINECLUBE IMAGINÁRIO – Salvador, BA
CINECLUBE INDEPENDENTE – Caçador, SC
CINECLUBE LAGUNA – Laguna, SC *
CINECLUBE LANTERNINHA AURÉLIO – Santa Maria, RSCINECLUBE NATAL – Natal, RN
Cineclube NANGETU – BELÉM, PA
CINECLUBE NPD ORLANDO VIEIRA – Aracaju, SE *
CINECLUBE PARATY – Paraty, RJ
CINECLUBE PARTICIPAÇÃO – Vila Velha, ES *
CINECLUBE PROJETO KALU – São Luiz, MA *
CINECLUBE SMVC – Santa Maria, RS
CINECLUBE [REDE] APARELHO – Belém, PA
CINECLUBE VOZES DO MORRO – Vila Velha, ES *
CREC – CENTRO RIOCLARENSE DE ESTUDOS CINEMATOGRÁFICOS – Rio Claro, SP *
DIFUSÃO CINECLUBE – Atibaia, SP *

FESTIVAIS DE CINEMA:

CURTA ATIBAIA – Atibaia, SP
FAIA – FESTIVAL DE ATIBAIA INTERNACIONAL DO AUDIOVISUAL – Atibaia, SP
SMVC – SANTA MARIA VÍDEO E CINEMA – Santa Maria, RS

PONTÕES E PONTOS DE CULTURA:

PONTÃO CINECLUBISTA DEMOCRATIZANDO O AUDIOVISUAL – Vila Velha, SP

OUTROS:

OBSERVATÓRIO CINECLUBISTA BRASILEIRO – BLOG

XVI Plenária do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação


Encontro nacional do FNDC começa nesta sexta-feira. O editor do Observatório e diretor de comunicação do CNC, João Baptista Pimentel Neto representará a entidade no encontro.

A XVI Plenária do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC) será realizada nos dias 9 e 10 de dezembro, no Sindicato dos Jornalistas de São Paulo (rua Rego Freitas, 530, bairro República). A abertura oficial das atividades ocorrerá na sexta-feira, a partir das 9h.

Para esta edição do evento, estão inscritas 19 Entidades Nacionais e 10 Comitês Regionais, conforme relação abaixo:

Entidades Nacionais
Clube de Engenharia
CUT Nacional
CFP – Conselho Federal de Psicologia
ABEP – Associação Brasileira de Ensino em Psicologia
FNPJ – Fórum Nacional de Professores de Jornalismo
FENAJ – Federação Nacional de Jornalistas
CNC – Conselho Nacional de Cineclubes
CTB – Central de Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil
ANEATE – Associação Nacional de Artistas e Técnicos Esp. Div.
ABRAÇO – Associação Brasileira de Rádios Comunitárias
FITERT – Federação Interestadual dos Trabalhadores em Radiodifusão e Televisão ARPUB – Associação de Rádios Públicas do Brasil
UGT – União geral dos Trabalhadores
FENADADOS – Federação Nacional dos Empregados em Empresas e Órgãos Públicos e Privados
INTERVOZES – Coletivo Brasil de Comunicação
VIRAÇÃO EDUCOMUNICAÇÃO Centro de Estudos da Mídia Alternativa
BARÃO DE ITARARÉ ANDI BRASIL – Agência de Notícias dos Direitos da Infância
ABEPEC – Associação Bras. De Emissoras Públicas, Educativas e Culturais

Comitês Regionais Rio de Janeiro Rio Grande do Sul São Paulo Santa Catarina Minas Gerais Ceará Bahia Bauru Piauí Distrito Federal

2º Festival de Fotografia Floripa na Foto


O projeto itinerante do 2º Festival de Fotografia Floripa na Foto ocorre nesta segunda-feira, dia 12 de dezembro no Cineclube Laguna, no Sul do Estado, onde serão realizadas a exposição Fotográfica Ciganos, de Rogério Ferrari, reunião com fotógrafos, ação educativa, palestras e projeção fotográfica em espaço público. Todas as atividades serão dedicadas às comemorações dos 50 anos do Conselho Nacional de Cineclubes Brasileiros.

A exposição Ciganos abre às 19h e foi produzida a partir da itinerância do fotógrafo pelas comunidades de ciganos da Bahia. Durante três meses, Rogério Ferrari percorreu  um total de 40 municípios baianos. O resultado desse projeto fotográfico é também um livro e mostra as diferentes condições em que vivem os ciganos e a expressão e manutenção de uma identidade própria. Apesar dos estigmas, dos estereótipos e das perseguições sofridas ao longo de séculos, os ciganos seguem sendo ciganos. Por meio do livro e da exposição sé possível obter uma visão muito além do preconceito exercido sobre estes povos.

Das 14 às 17h, ocorre a oficina sobre fotografia para educadores com as arte-educadoras Cristiane Pedrini Ugolini e Maria Lucila Horn.  O objetivo é promover práticas e reflexões sobre a fotografia por meio de jogos e leituras de imagem, e também saída fotográfica. Às 18h30, será feita uma conversa com os fotógrafos da região com o objetivo de iniciar um mapeamento da fotografia no Estado de Santa Catarina.

Das 18h30 às 21h, será realizada a palestra Dicas e Truques com o especialista em Adobe Photoshop, Gui Becker. O fotógrafo trabalha com manipulação de imagens há 8 anos. Foi gerente da área de Manipulação da Imagining – Soluções em Imagens e professor das disciplinas de “Manipulação de Imagens” e “Manipulação de Imagens Avançado” na graduação em Fotografia da Univali-Florianópolis. Mais informações em

www.guibecker.com.brwww.behance.net/gui_becker.

A partir das 21h, ocorrem projeções de imagens A Fronteira do Real, de Fatinha Silva, de Belém do Pará, Imagens do povo – Observatório das Favelas – Favela da Maré – Rio de Janeiro, 15 Mimutes Exhibition, um curta-metragem de Claudia Buzzetti, produzido pelo Ateliê da Imagem do Rio de Janeiro e Concurso Fotográfico Floripa na Foto 2010, cujo tema foi Santa Catarina.

Neste ano de 2011 o Festival de Fotografia Floripa na Foto ocorreu de 25 a 30 de outubro e além de reunir em Florianópolis fotógrafos e apaixonados por fotografia de diversas regiões do Brasil e da América Latina, trouxe a proposta de estabelecer um estreitamento das relações com o interior do Estado por meio de itinerâncias.

O Circuito Floripa na Foto pelas regiões do Estado é uma parceria entre a coordenação do Festival Floripa na Foto com a Fundação Catarinense de Cultura – FCC. Além de Florianópolis, serão atendidas dez regiões..

FESTIVAL DE FOTOGRAFIA ITINERANTE – LAGUNA/SC
Local: IPHAN – Praça Vidal Ramos, 118
Sala do Cineclube Laguna
Centro Histórico – Laguna – SC

PROGRAMAÇÃO

12 de dezembro de 2011

14:00 às 17:00 – Oficina para educadores

17:30 – Abertura da exposição Ciganos de Rogério Ferrari

18:00 às 18:30 Reunião com fotógrafos da região – Pauta: mapeamento da fotografia em Santa Catarina

18:30 às 21:00 – Palestra “Dicas e Truques” com o Expert em Adobe Photoshop© Gui Becker.

21:00 às 22:00 – Projeção em espaço público

AS VAGAS SÃO LIMITADAS!

Inscrições: (48) 36441144 (Cineclube Laguna-SC)

Gizely Cesconetto de Campos (48) 32230883 (IPHAN/SC)

http://iphansc.blogspot.com/

http://cineclubelaguna.wordpress.com/

CONTATO

Coordenação

Lucila Horn

lucilahorn@duoarte.com

(48) 99351533

Imprensa

Fifo Lima

fifolima@gmail.com

(48) 4141-2116, 9146-0251

CNCdiálogo: 7 anos a serviço do cineclubismo brasileiro


Gerenciador da lista CNCdiálogo desde sua “fundação”, ocorrida em 21 de dezembro de 2004, o editor do Observatório e atual Diretor de Comunicação do CNC, João Baptista Pimentel Neto divulgou a seguinte nota:

Companheir@s Cineclubistas,

Com muito orgulho e um ainda maior sentimento de missão cumprida, informo a tod@s que a nossa lista CNCdiálogo completerá no próximo dia 21 de dezembro, sete anos em atividade à serviço dos cineclubes, do cineclubismo, do audiovisual e da cultura brasileira.

Foram até hoje postadas 25.676 mensagens em sua esmagadora maioria contendo informações de grande interesse para todos os seus usuários.

Participam atualmente da lista 1251 pessoas físicas e/ou jurídicas, que via de regra respeitam as normas da civilidade e da boa convivência, mais que isso demonstram compartilhar dos mesmos ideais e objetivos em defesa dos Direitos do Público e da democratização da cultura e dos bens culturais.

Penso que este seja um momento de comemoração e neste sentido proponho que a partir de hoje até o próximo dia 21, todos os seus usuários postem ao menos um comentário de avaliação deste importante instrumento de comunicação do movimento cineclubista brasileiro.

Estou feliz e gratificado há sete anos dedicar pelo menos alguns momentos diários à CNCdiálogo e quero neste momento compartilhar minha felicidade e agradecer a tod@s que junto com as várias diretorias do CNC ajudaram a construir e manter esta lista.

Aos que ainda não conhecem, nem participam da lista, mando abaixo seu endereço: confiram:

http://br.groups.yahoo.com/​group/CNCdialogo/

Saudações cineclubistas,

João Baptista Pimentel Neto
Diretor de Comunicação do CNC

Mostra Nacional Curta Goiamum


O Festival Goiamum Audiovisual chega a sua 5 edição com a certeza de estar contribuindo com o fortalecimento e vitalidade deste segmento na cidade de Natal e no estado do Rio Grande do Norte. O Observatório e o FAIA – Festival de Atibaia Internacional do Audiovisual são parceiros do evento.

Segundo Nelson Marques, desde sua primeira edição, realizada em 2007, o festival estabeleceu como seus principais objetivos: colaborar com a formação de público (com destaque ao público infanto-juvenil), com a formação técnica e estética dos realizadores locais e com a articulação de intercâmbios e encontros a nível local e regional, buscando influenciar positivamente nas políticas públicas para o audiovisual”.

Ainda segundo nelson, “nesta caminhada de avanços e retrocessos, de conquistas e descobertas, fomos capazes de estabelecer parcerias com os governos Federal, Municipal e Estadual, com a iniciativa privada e, principalmente, conquistar credibilidade a nível local, regional e nacional para o nosso Goiamum. Fruto deste trabalho, foi a inscrição de mais de 200 filmes curtas-metragens de todo o Brasil, para a nossa 2a. Mostra Competitiva Nacional Curta-Goiamum, que seleciona o filme vencedor para concorrer no Festival de Atibaia-SP. Inclusive, em se falando dele, o filme vencedor da Mostra Competitiva do Goiamum 2010, “Formigas”, de Caroline Fioratti – SP, foi também vencedor em Atibaia em 2011, uma prova do rigor técnico e estético de nossa comissão julgadora do ano passado”.

Outro destaque do festival é a Mostra Desentoca, que busca dar visibilidade à produção local. Nesta edição, o Desentoca está sendo aperfeiçoado com a criação de uma seleção dos melhores filmes produzidos no RN, que ganharão destaque através da distribuição de “kits” de DVDs que serão distribuídos para a fruição e acesso dos mais diversificados públicos (escolas, cineclubes, bibliotecas, ONGs, etc.), incluindo um canal específico na internet, através da parceria com a Caju TV, e exibição com destaque durante o Goiamum em 2012.

PROGRAMAÇÃO

A V edição do Festival Goiamum Audiovisual, que tem como tema As Artes e o Cinema, estava pronta para acontecer em dezembro, mas, tivemos que nos adequar a nova conjuntura. Nos comunicamos com todos os convidados os quais compreenderam a situação e permanecem em nossa programação, que está prevista para acontecer no primeiro semestre de 2012, sem data confirmada.

Na programação estão previstas:

7 mostras, 2 oficinas, 1 workshop, 6 palestras, 2 Encontros, 1 lançamento de livro, programação paralela e festa de encerramento.

A programação detalhada da V edição será lançada no dia 08 de dezembro, às 19h no Teatro de Cultura Popular, juntamente com a exibição da Mostra Curta Goiamum, que segue até o dia 09 deste.

MOSTRA CURTA GOIAMUM – Competitiva Nacional de Curta Metragem

Como a nossa mostra competitiva nacional Curta Goiamum, premia o melhor filme com a participação do mesmo no FAIA – Festival de Atibaia Internacional do Audiovisual – O Festival dos Festivais (acontece no início do ano em Atiabai – SP, onde o filme vencedor do Goiamum, participa com todas as despesas pagas e o filme na programação oficial, que seleciona filmes do Brasil para Festivais Internacionais).

Resolvemos manter a exibição da Mostra Curta Goiamum, para não quebrar a expectativa dos realizadores nacionais que se inscreveram.

RESULTADOS

Número de filmes inscritos:

239 filmes

Estados representados na inscrição (17):

RN, RJ, MG, PB, PR, BA, CE, SC, PE, RS,GO,DF,PA,ES,AM,MA,SE

Comissão que selecionou os filmes:

Elisa Paiva é graduada em Rádio e Tv e mestre em Antropologia Social pela UFRN. Diretora e produtora de programas na TV Universitária da mesma instituição, atualmente produz e dirige o Café Filosófico

Tatiana Lima Advogada por formação e jornalista por paixão, Tatiana Lima escreve sobre cinema há quatro anos, quando foi convidada para manter a coluna “Cinema com Café”, no portal Digizap. Atualmente edita o blog “Papo Cine”, no portal da Tribuna do Norte online, e escreve matérias para revistas como Palumbo e Catorze. É também membro da diretoria do Cineclube Natal desde 2009.

Patrício Jr – É publicitário, jornalista e escritor. Publicou o romance “Lítio” e a coletânea de contos “A cega natureza do amor”, ambos pela Editora Jovens Escribas, da qual é um dos fundadores.

Filmes Selecionados

Gaveta (RS) – Richard Tavares – 8’

Flash (SP) – Alison Zago – 17’

Aphasia (SP) – Cainan Baladez – 18’

Naquela Noite Ele Sonhou com Um Mar Azul (RJ) – Aristeu Araújo – 20’*

Pedro Perilima (PB) – Ian Costa – 13’30’’

A Fábrica (PR) – Aly Muritiba – 15’

Virou o Jogo: A História de Pintadas (BA) – Marcelo Villanova – 20’

Máscara Negra (SP) – Rene Brasil – 15’

Eu Não Quero Voltar Sozinho (SP) – Daniel Ribeiro – 17’

Taba (MG) – Marcos Pimentel – 16’

Falta de Ar (DF) – Érico Monnerat – 20’

As Folhas (PB) – Deleon Souto – 14’

Operação Plástica com Flávio Freitas (RN) – Carito Cavalcanti e Joca Soares – 10’*

Travessia (PB) – Kennel Rógis – 13’50’’

Licuri Surf (SP) – Guile Martins – 15’

Dois Mundos (RJ) – Thereza Jessouroun – 15’

Julie, Agosto, Setembro (GO) – Jarleo Barbosa – 8

*Temos 01 curta representando o Estado do Rio Grande do Norte

*E 02 realizadores potiguares, pois, o Aristeu Araújo é de Natal.

Comissão Julgadora

Augusto Luís – Cineasta dirigiu o filme “Ribeira Velha de Guerra”, entre outros. É diretor renomado de filmes publicitários.

Buca Dantas – Cineasta, fundador do cinema processo, realizador do projeto Microdoc’s e diretor de Fabião das Queimadas, do edital Doc TV I.

Michelle Ferret– Michelle Ferret é Graduada em Comunicação Social, com mestrado em Ciências Sociais sobre narrativas de vida. É professora do curso de Cinema da UnP das disciplinas de Roteiro e Cinema Brasileiro.

Maryland Brito – é roteirista e diretora audiovisual, formada em jornalismo pela UFRN e mestre em Multimeios/cinema pela Unicamp. Atualmente participa de uma pesquisa em cinema 3D e dentre seus trabalhos está o documentário produzido pelo DocTv com co-direção de Fábio DeSilva.

Lisabete Coradini – Coordenadora do Núcleo de Antropologia Visual da UFRN. Professora dos programas de pós-graduação em Antropologia Social e de Ciências Socias (UFRN). Trabalha antropologia visual, pós-colonialismo, cinema e cinema africano.

SERVIÇO

Festival Goiamum Audiovisual

Lançamento da Programação da V Edição e Exibição da Mostra Curta Goiamum

Data: 08 (quinta) e 09 (sexta)

Hora: a partir das 19h

Local: TCP – Teatro de Cultura Popular (Rua Jundiái, 641 – Tirol)

Entrada Franca

CONTATOS PARA ENTREVISTA

Direção e Produção Executiva do Festival Goiamum

Keila Sena (8886-0297), Henrique José (8868-3380) e Nelson Marques (9406-8177)


Direção de Produção

Keila Sena (8886-0297) – sena.keila@gmail.com / producaogoiamum@gmail.com

Coordenação da Mostra Curta Goiamum

Pedro Fiuza (8805-4666)

www.goiamumaudiovisual.org.br

Nelson Marques
NUDICT – Núcleo de Comunicação em Cultura, Ciência e Tecnologia, Museu Câmara Cascudo/UFRN
Diretoria de Memória, Conselho Nacional de Cineclubes Brasileiros
Cineclube Natal, Natal, RN
Festival Goiamum Audiovisual, Natal, RN
skype: nelson.marques.natal

3 Encontro da Rede Brazucah


O projeto Rede Brazucah de Difusão do Cinema Brasileiro realizou seu último treinamento anual de agentes culturais nos dias 3 e 4 de dezembro, em São Paulo. O encontro contou com a participação do editor do Observatório Cineclubista Brasileiro, João Baptista Pimentel Neto.

Atendendo convite formulado pela Rede Brazucah, o editor do Observatório Cineclubista Brasileiro e Diretor de Comunicação do CNC, João Baptista Pimentel Neto perticipou do 3 Encontro Anual de Agentes Culturais da rede Brazucah realizado nos dias 3 e 4 de dezembro, em São Paulo.

Segundo a diretora da Rede Brazucah, Cyntia Alário “o encontro visou aprimorar o processo de capacitação dos agentes culturais participantes da Rede Brazucah e foi aberto ainda à participação de interessados em desenvolverem seus próprios negócios culturais com foco na elaboração e formatação de projetos de exibição audiovisual”.

Convidado como palestrante do evento, durante sua participação, o editor do Observatório, João Batista Pimentel Neto, apresentou aos participantes um breve histórico de sua atuação como militante cultural, da a história do movimento cineclubista brasileiro  e as informações básicas sobre como constituir um cineclube.

A palestra aconteceu no dia 3 de dezembro, na Escola da Rua (Rua Padre João Gonçalves, 180).

50 anos: CNC lança selo comemorativo


O CNC, Conselho Nacional de Cineclubes Brasileiros acaba de lançar um selo comemorativo ao seus 50 anos de história, marcados em 2011. O Observatório apoia a iniciativa e a partir de hoje insere o selo em seu ambiente.

Segundo o presidente do CNC, o lançamento do selo relaciona-se a “intenção da entidade em celebrar esta trajetória da forma mais ampla, plural e inclusiva, ou seja, com a marca do que é o Movimento Cineclubista. Para isso o selo está a disposição de Cineclubistas, Cineclubes e todas as demais pessoas e entidades que defendam o audiovisual brasileiro e a fruição cinematográfica”.

Assim, segundo Cassol “é só agregar o selo a sua programação, debate, exibição, festival, enfim, tudo o que representa nossa luta pelo acesso universal ao cinema. Com esta ação reafirmamos nossa defesa dos Diretos do Público, de nossa cinematografia – no selo representada pela obra de Glauber Rocha – bem como todas as filmografias, de curta, média e longa-metragem, produzidas em qualquer bitola, que ganham a tela e o público através do Cineclubismo”.


A logo foi criada gratuitamente pelo designer gráfico Luciano Ribas a partir de reuniões e encaminhamentos com a diretoria do CNC e simboliza a democratização, o romper a fronteira das salas tradicionais que na ampla maioria das vezes, exibem apenas uma cinematografia, uma forma hegemônica de fazer, ver e pensar o cinema.


“O cangaceiro nos incorpora e incorpora o espírito aguerrido do Cineclubismo e a luta pelo acesso universal ao cinema” – afirma Cassol.

CNPC: Conselheiros solicitam audiência à Dilma Roussef


Inconformados com os rumos e ações dos novos gestores do MinC, 17 conselheiros do CNPC elaboraram e encaminharam uma Carta solicitando audiência à Presidenta Dilma Roussef. Confiram:

Brasília, 1º de dezembro de 2011.

Excelentíssima Senhora Presidenta da República,

Cumprimentando-a cordialmente, os representantes da sociedade civil abaixo-assinados, componentes do Conselho Nacional de Política Cultural (CNPC), vêm respeitosamente solicitar uma audiência com Vossa Excelência, em caráter de urgência, para tratar de necessidades da área, até o momento insuficientemente tratadas pela atual gestão do Ministério da Cultura.

Tal solicitação corrobora a solicitação realizada pela Frente Parlamentar Mista em Defesa da Cultura, do Congresso Nacional, e por diversos artistas, em reunião prévia com a Ministra da Secretaria de Articulação Institucional da Presidência, Ideli Salvatti. Dentre os assuntos a ser abordados, sugerimos:

a) Orçamento de 2012;

b) Projeto de Lei do ProCultura;

c) Projeto de Lei de Direitos Autorais;

d) Sistema Nacional de Cultura – SNC;

e) Processo de participação e controle social;

f) PEC 150;

g) Outros temas.

Entendemos que a forma como vêm sendo conduzidas as ações no MinC, tanto em relação à execução das políticas públicas de cultura, quanto à legítima participação da sociedade nas definições dessas políticas, não têm se adequado à essência democrática operada pelo Governo atual que, exemplarmente, tem em Vossa Excelência a maior defensora.

Respeitosamente,

Antônio José Ferreira – Culturas Afro-Brasileiras

Charles Narloch – Artes Visuais

Devair Fiorotti – Museus

Dora Pankararu – Cultura Indígena

Du Oliveira – Música Erudita

Freddy Van Camp – Design

Heloísa Esser dos Reis – Arquivos

Isaac Loureiro – Culturas Populares

Ivan Ferraro – Música Popular

Jeferson Navolar – Arquitetura e Urbanismo

Márcio Silveira – Teatro

Marcos Olender – Patrimônio Material

Nilton Bobato – Livro, Leitura e Literatura

Patrícia Canetti – Arte Digital

Renato Moura – Artesanato

Rosa Coimbra – Dança

Washington Queiroz – Patrimônio Imaterial


Excelentíssima Senhora

DILMA VANA ROUSSEFF

Presidenta da República Federativa do Brasil

Brasília – DF