ABDeC Pará: Aniversário da ABDeC celebra o cinema paraense


Ao lado a diretoria da ABDeC-Pa, cineclubistas, realizadores e parte do público que ficou para a foto oficial.

Texto Dani Franco / Fotos Carol Peres

Como em uma boa sessão de cinema, a casa estava cheia. Na tela, os filmes e homenagem que celebraram o aniversário da Associação Brasileira de Documentaristas e Curta-Metragistas do Pará, a ABDeC-Pa, que na última terça comemorou 30 anos de atividades ininterruptas no movimento do audiovisual paraense.A sessão especial promovida no Cineclube Pedro Veriano, lotou o auditório da Casa da Linguagem. Além do costumeiro público cinceclubista, a exibição também contou com a presença de antigos abdistas e realizadores de cinema, dentre eles os diretores Beto Brant e Renato Ciasca, de filmes como “O Invasor” e “Cão sem Dono” que estiveram em Belém fazendo a pré-produção de seu próximo longa-metragem.

Após a exibição dos curtas “O dia em que o Padim voltou ao Crato”, “Severa Romana” e “O Mundo de Célia”, houve uma pausa para que a diretoria da associação, representada por Bruno Assis, Dani Franco e Lorenna Montenegro, fizesse um rápido balanço das atividades, pontuando ações como as do Núcleo de Produção Digital e editais como o Cine Mais Cultura (MinC/Governo do Estado). Bruno Assis, atual vice-presidente da entidade, sinalizou ainda “a importância de agregar os novos realizadores da cena cinematográfica do estado”, enfatizou.

Homenagem

Um dos pontos altos foi a homenagem ao cineasta Januário Guedes, contemplado com um certificado simbólico como “presidente de honra” da ABDeC-Pa.

Após a surpresa, Januário relembrou que sua trajetória confunde-se com a história da entidade, mas que acima de tudo a movimentação da ABDeC só se fez presente em todos esses anos devido seu caráter plural em busca do e pelo coletivo. Para o diretor, as bandeiras das políticas públicas levantadas não poderiam ter sido hasteadas se não tivesse havido uma coexistência ampla e horizontal, como a que estamos vivendo nesse momento.

Mostra ABDeC

Apresentada por Afonso Gallindo, ex-presidente da ABDeC-Pa e atual diretor de regionalização da ABD Nacional, a “Mostra ABDeC” foi oficialmente lançada.

Projetada em parceria com a ABD Nacional a Mostra vai mapear a atual produção audiovisual do estado, através de um mini-festival que será realizado neste mês de abril. Os filmes mais votados serão compilados num DVD, e distribuído para as outras 26 ABDs, que o apresentarão em seus respectivos cineclubes e salas de exibição. Da mesma forma, as demais ABDs enviarão ao Pará os filmes de suas mostras regionais. Assim, as produções de todo o país vão circular em cada estado brasileiro e também no Distrito Federal.

Finalizada com a exibição do DocTV “A Descoberta da Amazônia pelos Turcos Encantados”, a comemoração deste aniversário de 30 anos foi a forma encontrada pela ABDeC de prestigiar os realizadores paraenses e seu público, mostrando que é possível consolidar necessidades distintas em prol de um movimento comum: a produção do cinema e do audiovisual.

Anúncios

Um pensamento sobre “ABDeC Pará: Aniversário da ABDeC celebra o cinema paraense

  1. Pingback: Meu Cinema Brasileiro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s